quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Tente! Experimente!



Viver movido/a pela fé e confiança em Deus, pelos méritos de Jesus Cristo, é algo que causa estranheza em quem não conhece ao Senhor e, até mesmo, àqueles/as que frequentam igrejas e ainda não se permitiram ter uma maior comunhão com Ele. Esta forma de viver é a somatória do estudo bíblico sério, da aplicação deste no dia-a-dia e das experiências pessoais e comunitárias com Deus.

 

O modo de vida supradito é difícil de ser explicado para alguém que não se abriu a um relacionamento profundo com o Pai Celeste. Mais complexo ainda é explicar que Deus conhece as nossas necessidades, responde as nossas orações, interage conosco e intervém em nossa história. Outra questão aparentemente estranha é o silêncio do Senhor com relação a algumas coisas que nos incomoda ou a resposta negativa Dele aos nossos pedidos.

 

Fica o convite a você para se permitir dar um passo de fé e desenvolver uma comunhão com o Pai Celeste. Se a sua resposta for positiva a esse chamamento, em pouco tempo você terá o privilégio de declarar que também confia Nele porque Ele é o dono da sua vida e pensa sempre no seu bem. Faça a sua experiência a partir de agora. Não dói. Não custa nada.

 

Graça, paz e bem!


2 comentários:

Elberto Mello disse...

Há tempos que também tenho pedido a Deus uma direção que seja diferente das vazias direções que tenho visto em igrejas tradicionais que frequentei. Eu sabia que faltava algo muito importante. Eu resumia essa carência em uma palavra "UNÇÃO" e fui descobrindo pouco a pouco que unção é fruto de Relacionamento com Deus, com Jesus, com o Espírito Santo que emana Dele. Cansei de ver ministros do evangelho que não viviam essa realidade espiritual. Então, quando eles abriam a boca não havia unção nenhuma em suas palavras. INVESTIR TEMPO EM DEUS é o grande e necessário passo a ser dado para fazer parte daqueles adoradores em Espírito e em Verdade que o Pai busca ardorosamente.Em vez de priorizar o dízimo financeiro que tal priorizar um dízimo de tempo diário (2h 24m por dia) para adorar a Deus, falar com Jesus, ler e meditar nas Escrituras?

Elberto Mello disse...

Concordo 100% com o texto inicial que o irmão tão bem colocou.
Implantei com a ajuda de Deus e o apoio dos pastores da minha igreja uma escola bíblica diferente onde a oração tem começado a ser uma prioridade para que os textos bíblicos lidos e estudados, versículo por versículo, venham a encher a mente e o coração como um alimento que transforma, muda, fortalece e proporciona crescimento. Temos nos esforçado para sair da "escolinha do professor Raimundo" para entrar na Sala de um Mestre, cuja mente ansiamos por ter: "Nós temos a mente de Cristo".